Botas de Motociclismo

Como escolher as botas de motociclismo indicadas para si?

Da mesma forma que é difícil ter um par de sapatos que se adeque a todas as situações, também será praticamente impossível ter umas botas de motociclismo que se adaptem na perfeição a todas utilizações. Por este motivo, o primeiro passo no processo de escolha de umas botas é precisamente a definição da utilização pretendida que é, de certa forma, facilitada pelo tipo de moto que possuímos, embora também aqui existam muitas perspetivas diferentes, pois há quem use a sua desportiva no dia a dia na cidade e nunca tenha visitado um circuito, e também há quem nunca tenha levado a sua trail para um caminho de terra….

 

Utilização desportiva
Se o objetivo é termos uma performance máxima em pista, então necessitamos de umas botas com o mais elevado nível de segurança e ajuste ao pé, de forma a garantir a máxima proteção e controlo. Um exemplo destas botas são as TCX RT-RACE PRO AIR, que garantem uma segurança máxima através de um duplo sistema anti torção, que evita lesões nos tendões através da limitação da oscilação lateral e longitudinal do cano da bota ao mesmo tempo que oferece a flexibilidade necessária para uma performance máxima. No que respeita ao ajuste, esta botas contam ainda com o F.F.C (Fasten Fit Control) que permite um ajuste perfeito das botas aos pés, para um controlo total do movimento.

Utilização citadina
Para uma utilização citadina, as prioridades diferem face às restantes. Aqui, o mais relevante será garantir um nível máximo de conforto, afinal, apesar na necessidade da proteção que está sempre presente, queremos usufruir do mesmo conforto que temos a usar o nosso calçado normal. Será possível? Um passo dado inicialmente pela TCX, que contínua a oferecer a mais vasta gama de calçado “24/7”, projetado para ser usado 24 horas por dia, 7 dias por semana, foi replicado por várias as marcas que começaram a fabricar e a desenvolver calçado para um uso urbano diário.
Com linhas que cobrem desde as necessidades mais formais, como é o caso da linha TCX 24/7 Business, ao calçado casual ou vintage, é fácil encontrarmos um calçado que não só nos protege e garante conforto, como se adequa à nossa indumentária diária. Se ainda tem dúvidas se será benéfico usar calçado específico para moto em vez do calçado normal, então leia este artigo (link para “Botas de Moto para o dia-a-dia?). Se já entende como é necessário para o seu conforto e segurança usar botas de moto para uso diário, então vamos à seleção: Estilo (preferências individuais), WP ou GTX (temperaturas baixas a moderadas e chuva) ou AIR (tempo seco e moderado a quente).

Turismo de aventura
Se a ideia é fazer incursões pontuais fora de estrada, então o indicado será optar por umas botas mistas, que são adequadas para mototurismo e também para usar fora de estrada de uma forma mais “leve”. Dentro das alternativas disponíveis para este efeito, poderemos optar por umas botas com o cano mais alto, como é o caso das TCX Infinity 3 GTX, ou por um cano mais baixo como as Infinity 3 Mid WP. As primeiras oferecem maior proteção da canela e podem ser submersas até uma maior profundidade devido à altura do cano, ao passo que com as segundas poderemos usufruir de um maior conforto a caminhar dado que o cano mais baixo não só reduz o peso como exerce menos pressão sobre os gémeos. Ambas as botas possuem solas Groundtrax concebidas para oferecerem um bom desempenho dentro ou fora de estrada, e são impermeáveis. Se as suas pretensões vão um pouco mais além e faz com frequência trilhos mais exigentes do ponto de vista técnico, então o melhor será subir um patamar e usar umas botas específicas para enduro, como é o caso das TCX Comp Evo 2.

Turismo
Para esta utilização, precisamos de um pouco de tudo. Afinal, em viagem, apanhamos frequentemente dias de sol, chuva, temperaturas altas, temperaturas baixas e precisamos de conforto tanto durante a viagem, como nas paragens em que queremos caminhar. Para tal, precisamos de botas impermeáveis para manter os pés secos durante o tempo de chuva, de um elevado nível de respirabilidade para permitir ventilar os pés nos dias mais quentes e ainda de um conforto máximo ao caminhar. Se até agora é praticamente impossível reunir todos estes requisitos num só par de botas, a TCX, em parceria com a Gore-Tex, tornou este feito possível com a tecnologia Gore-Tex Surround, que permite uma ventilação dos pés a 360 graus, garantindo aos utilizadores conforto entre os 5 e os 35 graus, mesmo sendo 100% impermeáveis. As TCX Clima Surround (https://goldenbat.pt/produto/botas-tcx-clima-gore-tex-surround/), Climatrek Surround (https://goldenbat.pt/produto/botas-tcx-climatrek-surround-gore-tex/) e Airwire Surround (https://goldenbat.pt/produto/botas-tcx-airwire-surround-gtx/) são as únicas botas de motociclismo a incorporar esta tecnologia e são por isso perfeitamente adaptadas ao nosso clima temperado.
A principal diferença da tecnologia Surround face às tradicionais propostas equipadas com Gore-Tex é, como o próprio nome indica, a possibilidade de o pé poder respirar a toda a volta, garantindo assim uma evaporação mais eficaz do suor e mantendo a temperatura e a humidade mais controladas dentro da bota.
Para isso, a TCX e a WL Gore desenvolveram uma sola específica que possui canais de escoamento para o vapor de água colocados na zona intermédia. Internamente, é adicionada uma camada extra de membrana Gore-Tex na palmilha, para garantir a já referida evaporação das moléculas de vapor de água, evitando a entrada de água caso caminhem sobre uma poça ou debaixo de chuva. Temos assim impermeabilização e respirabilidade a 360 graus, o que torna as botas equipadas com o Gore-Tex Surround muito indicadas para climas amenos.

Off-road
À semelhança do segmento desportivo, estamos a falar de uma utilização com grande exigência técnica. Neste caso, são necessárias botas com níveis de proteção ainda mais elevados, considerando-se aqui essencial o duplo sistema anti-torção, que é capaz de reduzir a incidência das lesões mais comuns com é o caso do D.F.C da TCX. Também nestas botas é necessário haver um ajuste perfeito para um maior controlo dos movimentos, sendo importante que as botas garantam um posicionamento adequado das proteções das canelas. As solas devem garantir um bom nível de tração em vários tipos de terreno e uma boa durabilidade, pois circulamos muito tempo em pé, com o peso do corpo assente nos pousa-pés, que são geralmente muito agressivos para a sola das botas, por forma a permitirem uma aderência elevada mesmo perante lama ou pó. A TCX aliou-se à empresa JV International (detentora dos direitos das solas Michelin) no desenvolvimento de uma sola específica para esta utilização, tendo resultado nas TCX Comp Evo 2 Michelin, que integram um desenho ergonómico e reproduzem algumas das reconhecidas qualidades técnicas dos pneumáticos cross e enduro do famoso fabricante francês.

WP OU GTX
A versatilidade de umas botas de motociclismo é especialmente aferida pela sua capacidade para enfrentar diversos climas, mantendo sempre um elevado nível de conforto. Isto implica que na primavera ou verão, com temperaturas elevadas, os pés não fiquem encharcados em suor, e no outono e inverno, perante o frio e a chuva, os pés não acabem num cubo de gelo, ensopados em água…
É impossível pedir uma eficácia a 100% de qualquer bota de motociclismo perante estes extremos climatéricos, mas a tecnologia evoluiu de forma significativa, oferecendo atualmente soluções que garantem uma elevada versatilidade e capacidade para enfrentar diversos climas.
Do ponto de vista técnico, o ‘santo graal’ das botas de motociclismo é uma proposta que garanta impermeabilidade, impedindo a água e o frio de penetrar desde o exterior e, ao mesmo tempo, permita que a sudação possa ser expelida para o exterior. Parece difícil, mas é isso que as membranas atualmente utilizadas na produção do calçado para motociclismo permitem.
O nome mais conhecido a nível mundial é o Gore-Tex (GTX), uma marca registada da empresa WL Gore e que após aturados estudos conseguiu desenvolver uma membrana que possui o incrível número de 1,4 mil milhões de poros microscópicos por centímetro quadrado. É esta dimensão que faz toda a diferença, pois impede que as gotas de água (20.000 vezes maiores do que um poro) penetrem o tecido, e permite a evaporação das partículas de suor, em forma moléculas de vapor de água, que são 700 vezes menores que um dos poros desta membrana.
Assim se explica a popularidade do Gore-Tex, utilizado sob licença pelos mais reputados fabricantes mundiais de vestuário e calçado, e que no caso das botas para motociclismo tem ainda que garantir mais uma caraterística que é a elevada resistência ao desgaste e à abrasão, pois não nos podemos esquecer que esta atividade encerra sempre o risco de uma queda.
Se a utilização do Gore-Tex é sinónimo de máxima eficácia e de elevada qualidade, por outro lado é também possível garantir um nível muito aceitável de resistência à penetração de água com os tecidos ou as peles WP (Waterproof), embora neste caso a impermeabilização não seja garantida a 100%. As botas WP possuem um tratamento da sua camada exterior que lhes garante eficácia contra a água e são perfeitamente adequadas para climas onde não chove com muita intensidade, permitindo igualmente alguma poupança na sua aquisição face a modelos semelhantes equipados com Gore-Tex.

Em resumo:
O primeiro passo na escolha de umas botas para motociclismo é a identificação do uso que lhe pretendemos dar.
É importante não esquecer que no dia a dia ou em viagem, as botas vão servir também como calçado para caminhar, pelo que o seu conforto e versatilidade são qualidades a reter.

Para além da resistência à abrasão proporcionada pelo material exterior, as botas também devem incluir proteções ou reforços em zonas críticas, como as biqueiras, calcanhares e tornozelos.

A utilização de uma moto implica estar sujeito à chuva, ao frio e ao calor. Para estar protegido contra os elementos, as botas devem ser impermeáveis (Gore-Tex ou WP) e respiráveis. A tecnologia Gore-Tex Surround garante a máxima eficácia em climas temperados.

A utilização de botas de motociclismo no dia a dia já não é motivo para desconfiança. A gama 24/7 da TCX tem modelos que se assemelham ao calçado desportivo ou vintage, com elevado conforto e a necessária proteção para andar de moto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Arquivo de artigos